Tuesday, 28 June 2016

Buriti (Mauritia flexuosa)

 Alimento, alternativa energética, creme solar natural e substituto para óleos de cozinha.

 USOS MEDICINAIS
Com tantos usos e benefícios, o papel desta palmeira no desenvolvimento socioeconômico das comunidades são de extrema relevância e devem ser levados em conta nos projetos e manejos da mata, visando um extrativismo sustentável e maior conscientização das pessoas que vivem e usufruem daquele meio.

INFORMAÇÕES BÁSICAS
Distribuição geográfica: Toda região Amazônica, podendo ser encontrada no Nordeste e Centro-Sul do Brasil, em maior quantidade em áreas alagadas, igapós, beira de igarapés e rios.
Produção: 2,5 a 23 ton/hectare/ano de frutos*
*Declina somente após 40-60 anos de vida da palmeira.

Manejo:
-Plantio: Coletar sementes dos cachos maduros que ainda estão nas palmeiras (para aumentar a taxa de germinação); despolpar; deixar as sementes de molho na água por no mínimo 12 dias; enterrar na areia com 2 cm de profundidade. Molhar duas vezes por dia. Levam cerca de 42 dias para brotar. Devem pegar sol após o 2º-3º mês de vida. Crescem com adubo fornecido pelo próprio buritizal.
-Poda seletiva: Cortar 60-75% dos espécimes masculinos e deixar os outros para a polinização dos femininos; nas clareiras que ficaram abertas, realizar o plantio com as sementes selecionadas dos melhores pés.


E PARA NÃO DIZER QUE NÃO FALAMOS DO ÓLEO DE BURITI:
u  Rende até 3,6 Ton óleo comestível/hectare: muito superior à prod. Do óleo de soja, amendoim, girassol, só sendo inferior à prod. Do óleo de Dendê;
u  Absorve completamente as radiações eletromagnéticas de comprimento 519(luz verde)-350(ultravioleta), que são prejudiciais à pele humana, podendo substituir de forma natural os protetores solares;
u  Junto com o óleo de castanha ou de amêndoa doce, serve para renovação da pele e como desodorante;
u  Serve para produção de sabão e de energia elétrica eficiente e de baixo custo;

Como extrair o óleo:
“Bata cada fruto com uma colher ou pedaço de pau. Coloque os frutos em um tambor ou lata contendo água e cubra com folhas verdes para abafar. Leve ao fogo por 4 ou 5 horas sem mexer até que eles amoleçam (mas não deixe a água ferver). Retire os frutos do fogo quando eles estiverem bem moles e raspe a massa com uma colher. Coloque a massa na água para esquentar e, quando o óleo subir, retire-o com uma colher. Esse óleo é excelente para fritar peixe ou fazer bolinhos. O bagaço do fruto é um excelente adubo para roça ou horta.”
O chá das raízes do buriti é utilizado pelos povos amazônicos para reduzir o nível de açúcar no sangue por aqueles que tem diabetes.


Referências Bibliográficas:
SHANLEY; SERRA; MEDINA.Frutíferas e plantas úteis na vida Amazônica. Cifor, 2010. pag 187-194.
IEA: Manual de plantas amazônicas.



No comments:

Post a Comment